11 de dez de 2010

Analise: Tomb Raider Legend

Lançamento: 11 de Abril de 2006

Plataformas:
DS, PC, PSP, PS2, Xbox360

Desenvolvedora:
Crystal Dynamics

Distribuidora:
Eidos Interactive

Gênero:
Ação/ Aventura

A serie Tomb Raider foi uma das primeiras a colocar um mulher como a protagonista de um game Lara Croft teve sua primeira aparição em 1996 no consagrado PSone o game mudou totalmente o estilo de jogar jogos de aventura usando elementos de plataformas e quebras cabeças dificílimos o jogo conquistou vários fãs mais o game somente decaiu desde o primeiro titulo o jogo possuiu quatro continuações para o PSone sendo que nenhum deles superou o primeiro jogo, A franquia estreou na 6º geração com o pé esquerdo sendo que Tomb Raider Angel of Darknees foi um dos piores fracassos da serie com isso a Eidos decidiu trocar de desenvolvedora saiu a Core Design e com Crystal Dynamiscs nasceu Tomb Raider Legend um dos melhores Tomb Raider desde o primeiro titulo com Gráficos impecáveis com uma Lara totalmente refeita mais mantendo suas curvas marcantes e uma jogabilidade muito melhor sendo que esse era um dos grandes problemas da franquia Tomb Raider Legend faz bonito fazendo jus ao legado da Ms. Croft e mostrando que todo game pode sim renascer das cinzas.




Uma nova Lara Croft.

Uma das principais mudanças nesse titulo são seus gráficos tanto do cenário quanto a própria protagonista Lara foi totalmente redesenhada parecendo muito pouco com a Lara que vimos nos jogos anteriores em legend Lara parece estar mais velha mais mantendo suas belas curvas e suas características marcantes como seus seios avantajados trazendo toda a beleza feminina mais sem ser vulgar como no caso de games recentes quem já jogou Bayonetta sabe bem do que estou falando, os controles de Lara também estão melhores do que nunca estão muito mais funcionais e também estão menos travados, Lara aprendeu truques novos como se pendurar em barras como acrobata se segurar em cipós ou cordas, e até fazer um mergulho cinematográfico ela também ganhou itens novos como uma espécie de cabo magnético que é muito útil para puxar coisas pesadas ou ate mesmo se pendurar nele para passar de um lado para o outro a musa também possui um binóculo que serve para achar pontos chaves no cenário é muito útil para resolver os famosos enigmas, Lara também pode carregar armamentos mais pesados alem de suas inseparáveis pistolas ela também pode executar golpes corpo a corpo como por ex: uma espécie de carrinho que faz com que o inimigo voe longe que por incrível que parece é mais útil do que as próprias armas.


Uma Historia digna de uma Lenda.
Bem depois de falar um pouco da peça principal do game vamos falar um pouco de sua Historia que também não é menos importante a cena inicial do game mostra Lara com sua Mãe em um vôo quando algo da errado e o piloto e obrigado a fazer um pouso forçado nas cordilheiras do Himalaia e sua mãe acaba desaparecendo, muitos anos depois Lara aparecera bem mais velha escalando um montanha na Colômbia e agora procurando respostas sobre o desaparecimento de sua mãe uma coisa interessante são os cenários por qual a personagem passa desde bem selvagens como a fase de Gana na África do Sul ou mais urbanos como no Japão e ate mesmo um parque de diversão do rei Artur que esconde um grande mistério Lara até voltara ao lugar onde o avião em que ela e sua mãe estavam caiu. O roteiro também possui alguns flashbacks como na parte que o jogador controla Lara em uma excursão na sua juventude com seus amigos, sendo que algo terrível acontece com sua melhor amiga Amanda, no decorrer na historia Lara descobre que sua “Amiga” não morreu e as duas terão muito com que conversar sendo que Amanda não é a mesma da época de sua juventude.

Cenários magníficos e efeitos sensacionais pra ninguém botar defeito.
Como dito no começo da analise um das principais mudanças foram os gráficos alem da nossa heroína ter sido refeita a desenvolvedora tomou um cuidado minucioso com o cenário eles estão incríveis com cocheiras bem feitas cavernas muito bem estruturadas efeitos como luz e sombra estão espetaculares e da própria água estão fenomenais ex: quando Lara entra na água e sai alem de ficar pingando gotas da protagonista Lara fica com suas roupas molhadas pra deixar qualquer nerd doido. Os cenários também são bem amplos escondendo inúmeras relíquias para serem encontradas, elas liberam roupas até mesmo um biquíni mais esse só poderá ser usado na mansão Croft e os famosos “cheats” (códigos) para se usar durante o game. Por falar na mansão ela esta de volta e também sofreu inúmeras mudanças nessa espécie de “fase” o jogador apenas tem que decifrar pequenos enigmas na mansão da heroína não são nada difíceis mais exigem um pouquinho de concentração do jogador assim o treinando para o enigmas das fases principais que esses sim costumam ser desafiadores às vezes.

Um pouco de Ação não mata ninguém nesse caso reviveu um franquia.
Um dos argumentos de vários jogadores para não jogar Tomb Raider era que o game não possuia muitas partes de ação, ou seja, apenas ficar pulando de um lado para o outro e raras vezes utilizar a arma para matar alguma coisa e de fato era isso que acontecia nos Tomb raiders antigos mais a Crystal Dynamics resolveu colocar alguns pontos de ação e ainda deixando o game com cara de exploração a inúmeras partes no jogo onde Lara mata vários inimigos coisa que acontecia raríssimas vezes nos títulos anteriores a desenvolvedora também optou por colar algumas cenas de ação em que o jogador tem a participação total bem no estilo Resident Evil 4 em que o jogador tem que pressionar certo botão para que a nossa heroína não tenha um morte prematura.

Apesar das inovações probleminhas ainda existem.
Infelizmente o game mantém alguns de seus problemas um deles e aquele que já virou novela no mundo dos vídeos games é velha historia já que Lara usas duas pistolas porque ele não pode acertar dois inimigos diferentes, outro problema é a jogabilidade apesar de esta muito melhor que os jogos anteriores ainda esta um pouco travada principalmente se levarmos em conta que é um game de plataforma onde o jogador tem que executar vários saltos e muitas vezes se o jogador errar a morte e quase certa outro problema são alguns erros de colisão com paredes e fendas para se agarrar muitas vezes Lara não agarra isso pode irritar às vezes , e o mais frustrante a condução de veículos no caso de legend uma moto felizmente possuem poucas partes montado na motoca de Lara ainda bem, pois os controles são horríveis.

Tomb Raider Legend é um game Eterno???
Com certeza sim principalmente para a própria franquia que não andava bem das pernas desde Tomb Raider 4 para PSone alem de reviver a serie a Crystal Dynamics deu uma cara nova para franquia sem esquecer-se das origens, Lara Croft esta melhor do que nunca talvez para os fãs mais fervorosos esta muito aquém do primeiro jogo mais para os jogadores que nunca se interessaram pela franquia tomb Raider legend e uma ótima opção para estrear apesar de alguns probleminhas que o game sofre Ele consegue junta Ação e exploração de um jeito que agrade a fãs de ambos os estilos.

Notas:

  • Diversão: 9
  • Jogabilidade: 8,5
  • Graficos:9,5
  • Audio: 8,8
  • Nota Final: 9

10 comentários:

  1. Muito bom esse jogo já finalizei duas vezes e ainda to jogando.

    ResponderExcluir
  2. MUITO BOM É NO FINAL È DIFICIL PARA CARAMBA BELA ANALISE.

    ResponderExcluir
  3. Eu curti bastante esse Tomb Raider, mas urti ainda mais o remake Anniversary, q usa a mesma engine desse jogo e retrata a história do 1º game da série. MUITO BOM!!

    ResponderExcluir
  4. O jogo é divertido, zerei várias vezes e não me canso (nunca me canso dos Tomb Raiders xD), mas prefiro os Clássicos. Esse jogo se prende muito na "magia do tiroteio", além de ser muito curto e fácil.

    E realmente, o Anniversary foi muito melhor.

    E só te corrigindo:

    "Lara aprendeu truques novos como (...) se segurar em cipós ou cordas, e até fazer um mergulho cinematográfico"

    -> Lara já sabia se pendurar em cordas e fazer um mergulho [muito mais cinematográfico] no playstation 1. xD

    FLW

    ResponderExcluir
  5. Matheus é que acabei errando na analise falto um pedaço depois de truques novos era para eu escrever ( como : dar piruetas no solo como uma ginasta ) e que tinha escrito isso em outro arquivo de texto e acabei postando outro mais valeu por corrigir.

    ResponderExcluir
  6. Por que vc nao posta sobre o Underworld???

    ResponderExcluir
  7. parabéns ricardo pereira disse tudo e mais um pouco ! de longe tomb raider legend é o melhor título do ps2 ! conseguiu equilíbrio em uma ação boa e esploração de tirar o folego a lara esta muito gata e mais ágil sem contar a visão em fps , o gráfico está magnífico quase não apresenta legs muito bom... o anniversary também é bom , mas o underworld o ps2 não o suporta : muito legs e bugs . leandromarxx fuiii

    ResponderExcluir
  8. Desculpe mas Parece que procurar erros nesse jogo foi meio que forçado, eu arrisco em dizer que esse ainda é o melhor tomb raider de todos os tempos exploração plataforma ação ( ação ela enfrenta de tudo) gráficos soberbos com poucas quedas de frame, o jogo tomb raider 2013 é ótimo mas perdeu totalmente a indentidade fugiu para o lado survivor, infelizmente acho que nunca voltará como antes, tomb raider legend 9.9 está no meu top 20 de ps2

    ResponderExcluir
  9. Por favor faça uma analise com batman begins

    ResponderExcluir
  10. Cara, você tem sérios problemas de escrita. Troca o MAS pelo MAIS, não sabe usar vírgula, não sabe pontuar, tua escrita é uma vergonha pra um site desse nível.

    ResponderExcluir

Todos os Comentários são lidos e moderados previamente.
São Publicados aqueles que respeitam as Regras Abaixo:

- Não faça propaganda de outros blog/sites;
- Use o OpenID ou Nome/URL caso não seja seguidor;
- Não inclua links desnecessários no seu comentário;
- Seu comentário é nossa inspiração!
- Não respondemos comentarios 'anônimos' sem identificação nenhuma.
- Obrigado pelo Apoio ;D