7 de nov de 2010

Analise: Driver - Parallel Lines

Ficha técnica:
Gênero: Ação
Distribuidora: Atari
Desenvolvedora: Reflections Interactive
Plataformas: Xbox, PC, Wii e PS2
Número de jogadores: 1
Data de lançamento: 14/03/06

Depois do sucesso no Ps1 a série Driver desembarcou no irmão mais novo do console branco, mas não foi bem recepcionada, Drv3r foi considerado um completo fracasso pelos fãs da série e deixou o nome da série com má fama, alguns anos depois tentando se redimir com o publico foi lançado Driver: Parallel Lines, um novo protagonista, uma nova cidade e um novo game, mas será que dessa vez eles acertaram?


Parallel Line conta a história de um jovem motorista de fuga, conhecido como Kid, na cidade de Nova York em plena década de 80, o garoto fazia todos os tipos de serviços automobilísticos para ladrões de lojas pequenas e era conhecido por ser um dos melhores, até que surge a oportunidade de crescer na vida. Com a ajuda de um amigo dono de uma rede de garagens de montagem pela cidade, Kid é apresentado a pessoas com planos maiores e que buscam tomar o controle do trafico de drogas da cidade, sem pensar muito Kid entra para o grupo para realizar serviços dentro do carro ou com uma arma na mão, mas tudo vira de cabeça para baixo na metade do game, porém não contarei para não estragar a grande surpresa.



Outra boa mudança foram às armas, eles estão em maior quantidade e com maior variedade e com direito até lança granadas e lança foguetes. As armas são apresentadas ao jogador logo em uma das missões iniciais que serve de tutorial e são bem aproveitadas por todo o game, a maior melhoria em relação às armas sem duvidas é poder atirar enquanto dirige, e não é igual à GTA onde só se atira para os lados não, aqui seu personagem põe a cabeça para fora do carro e você pode atirar em qualquer coisa na sua frente ou do seu lado contando até com um sistema de mira automático, mas que infelizmente não é muito inteligente em reconhecer qual é o melhor alvo. A principio é complicado atirar enquanto dirige, mas com um pouco de treino você logo se verá dirigindo de ré na contra mão e atirando em carros da policia.


O modo de fazer as missões é bem parecido com GTA, você fica livre em Nova York com objetivos principais e secundários marcados no mapa, realizar o principais faz progredir no game e as opcionais rendem dinheiro a ser gasto com melhoria nos carros e munição para as armas. As missões vão de levar pacotes de um lugar a outro, roubar um determinado veículo, matar alguém e muitas outras, a variedade é bem grande assim como nas opcionais que vão de corridas de rua á entrega de pacotes no tempo certo. Felizmente cerca de 80% das missões é dentro de veículos, os outros 20% são missões a pé onde o jogador deve fazer bom uso das armas, felizmente as missões a pé sempre começam ou terminam com uma perseguição automobilística.


A variedade de veículos do game é impressionante, são das mais variadas classes e o melhor de tudo são customizadas ao mesmo estilo Need for Speed. Nas garagens do seu amigo citado no inicio você pode fazer modificações no motor do carro e na parte estética também, é possível aumentar a potencia, melhorar os freios e o melhor de tudo, colocar nitro. A parte estética fica ao gosto do jogador escolher as cores do carro parte por parte ou optar por escolher entre as 4 ou 5 pinturas estilizadas diferentes para cada veiculo porque infelizmente não é possível colocar livremente desenhos e peças customizadas no carro.



Os gráficos possuem um bom nível de detalhes principalmente os carros, efeitos como de faíscas e fogo são vistos o tempo todo e tem uma ótima qualidade, já os efeitos de fumaça são um tanto ruinzinhos. Os veículos são completamente destrutíveis e é possível tirar dele parte por parte, eles também ficam marcados permanentemente por marcas de bala e o vidros se estilhaçam com os tiros. Diferente do carros os personagens possuem um baixo nível de detalhes e tem formatos meio quadrados, com exceção dos personagens principais.

Os cenários, perfeitamente reproduzidos, estão na média, os grandes arranha céus projetam perfeitamente suas sombras nos carros e itens do cenário conforme o dia passa, porém algumas lojas e letreiros estão em baixa resolução. A parte sonora é perfeita em todos os aspectos, a trilha sonora anos 80, o ronco dos motores, a dublagem, sons de batidas, tiros, explosões, difícil é achar algum defeito no áudio do game.

 

A resposta a pergunta no início da análise é sim, eles acertaram desta vez. Há algumas falhas na inteligência artificial e defeitos na fisionomia de alguns personagens, mas como o nome da série é Driver pode ter certeza que andar de carro é bem prazeroso, seja em uma perseguição ou em um passeio pela cidade é muito bom poder sentir o quanto os carros foram trabalhados e principalmente as características únicas de cada um da variedade enorme a disposição. A história é muito boa e mergulha de cabeça nos filmes policiais da década de 90 com direito até a jogar em 2006 com carros modernos e musicas novas, ops acho que não era para ter dito isso, mas como você chegará a 2006 só jogando para descobrir.

 

Pontos positivos:
- Sonoplastia perfeita em todos os detalhes.
- Veículos perfeitamente representados.
- Armas de vários portes a disposição.
- Customização de veículos.

Pontos negativos:
- Inteligência artificial ruim.
- Dificuldade alta.
- Personagens com gráficos ruins.
- Detalhes dos cenários em baixa resolução.

Notas:
-Gráficos: 8
-Parte sonora: 10
-Jogabilidade: 10
-Diversão: 9
-História: 10
-Replay: 10

Nota Geral: 9,5

17 comentários:

  1. game foda muito bom otimo post

    adoro driver so fan do driver esse ai e muito bom a historia eo game

    ResponderExcluir
  2. Tenho esse jogo. mas ainda nem começei a jogar,depois de ler essa bela análise,vou pensar no caso!

    ResponderExcluir
  3. Valeu Hugo também adoro a série driver e a acompanho desde o ps1, e Pedro faça um favor a si mesmo e jogue o o game tem tudo que faltou em GTA e mais um pouco.

    ResponderExcluir
  4. Jogo muito bom minha esposa que joga haha e msm sendo um jogo antigo se comparado ao por exemplo gta 4 ( joguei o d pc) da pra ver como o gta 4 usou e copiou na cara dura mta coisa deste jogo Driver é o pioneiro e gta o ''ladrão'' hehe curti mto mais um q testei com o video componente e progressive scan e é demais jogo flui facil sem cair o frame rate trilha sonora perfeita empolga graficos nao fazem feio bom nível de detalhe da cidade arrumaram tudo q erraram no driver 3

    ResponderExcluir
  5. manu, eu já zerei e continuo jogando, por mim um dos melhores jogos que eu já joguei e se duvidar o melhor da rockstar.

    ResponderExcluir
  6. ja zerei e muito loco, dificuldade foda pacas e acho melhor que gta.

    ResponderExcluir
  7. nao posso lembrar desse jogo da saudade,meu sobrinho arranhou o meu.:(

    ResponderExcluir
  8. vey zerei ele hoje mto loko termina matando um kara la dum helicoptero

    ResponderExcluir
  9. nerds vcs tem q ser da bandidagem como eu so nesse jogo zika

    ResponderExcluir
  10. cara esse jogo tria onda so na pistola dentro do carro papapapa

    ResponderExcluir
  11. como qui fasso pra mudar de pessonageins no driver paralelo lines de playstatin 2 so quero sabe isso memo obrigado.........

    ResponderExcluir
  12. Melhor jogo que joguei no ps2, me marcou muito.

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. sou sacana to usando os todos os codigos q o jogo tem pra zerar kkkkkk

    ResponderExcluir
  15. Poha Gean Carlos não fala o final do jogo não! Eu to jogando esse jogo pela primeira vez, deu até um desanimo agora.
    Depois que eu zerar eu vou dizer o que achei do jogo.

    ResponderExcluir
  16. Adorei a análise! O jogo Driver,é um jogo que faz você ficar horas,tentando passar os diversos objetivos. Como você citou,ele não é fácil.

    Infelizmente, na época do Play One,o primeiro Driver,nunca consegui passar as missões. rsrs Já no Driver 2, faltou pelo menos 7 para finalizar;mas eu me dei por satisfeita,pois meu sonho era usar o cd 2,e abrir Las Vegas e Rio de Janeiro!!! \o/ \o/

    Mal consegui dormir naquela noite,de emoção. kkkk

    Eu pensei que o segundo cd,nunca iria usar. (Tinha pouca experiência em jogos hehe). Tanto que quando pediu,eu não tinha. :O Eu tinha jogado fora,e pedi para meu primo emprestar o cd, (na época,ele ainda tinha o jogo,por sorte haha). Daí fiz uma cópia,e continue mais uma missão.

    Parallel Lines,em relação,ao cenário,realmente,em vários pontos,como becos,o gráfico se assemelha ao play one,com aquele borrão. hehe


    Eu fiz o download do Driver 3 para ter na coleção,depois irei começar as missões, não sei quando, pois já tenho 6 jogos para zerar!!! rsrsrs

    Eu estou jogando,e estou me divertindo muito. Coloquei no idioma espanhol. Um idioma que acho bonito.

    ResponderExcluir

Todos os Comentários são lidos e moderados previamente.
São Publicados aqueles que respeitam as Regras Abaixo:

- Não faça propaganda de outros blog/sites;
- Use o OpenID ou Nome/URL caso não seja seguidor;
- Não inclua links desnecessários no seu comentário;
- Seu comentário é nossa inspiração!
- Não respondemos comentarios 'anônimos' sem identificação nenhuma.
- Obrigado pelo Apoio ;D