1 de fev de 2011

Analise: Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty

Metal Gear Solid 2: Sons of Liberty Boxshot
Desenvolvimento: Konami Computer Entertainment 
Publicação: Konami
Plataforma: Ps2
Lançamento: 13 de novembro, 2001
Gênero: Ação
Modos de jogo: Single Player.
Classificação: ESRB

" Mova-se como uma serpente"


Metal Gear Solid 2 foi lançado na época para varias plataformas, trazia gráficos impressionantes muito melhores do que o primeiro game da série. Porem algumas coisas não agradaram os fãs da serie começando por um novo protagonista completamente diferente de Solid Snake.

Porem o game trás um conteúdo renovado e muito bem trabalhado, vamos a analise.


Quatro anos após Shadow Moses, Nastasha Romanenko lançou uma coletânea de livros falando sobre o ocorrido, conseqüentemente, Solid Snake foi aclamado como herói em todo o mundo. Snake, porém, abandonou o governo e agora trabalha junto com Otacon em uma ONG chamada "Phylantrophy", destinada a caçar qualquer Metal Gear existente. Otacon recebe um e-mail relatando o transporte de um novo modelo Metal Gear através do Rio Hudson, sob a autoria da Marinha Americana. Snake vai até o navio Discovery averiguar tal informação. O objetivo era apenas confirmar, e caso fosse positiva, fotografar o modelo para apresentá-lo ao mundo. Minutos depois de Snake entrar no navio, Revolver Ocelot aparece, junto com um de seus aliados, Sergei Gurlukovich. Ocelot rouba o robô, afunda o navio, e Snake é dado como morto. Dois anos se passam, e é apresentado Raiden, um jovem agente que se infiltra numa instalação de tratamento marítimo chamada Big Shell, com a ordem de resgatar o presidente americano, James Johnson e, se possível, cerca de outros 30 reféns. Um grupo terrorista entitulado Sons of Liberty (Os Filhos da Liberdade), dominaram a instalação e exigiram dinheiro em troca da vida do presiente. Junto com o "SoL" estão a antiga unidade antiterrorista Dead Cell, composta por: Fortune, armada com um canhão de prótons e com a estranha habilidade de refletir projéteis; Fatman, um excêntrico especialista em explosivos e Vamp, aparentemente um vampiro imortal. Ainda do lado dos terroristas está uma tropa de militares russos renegados, que agora respondem ao comando de Olga Gurlukovich, filha de Sergei (que Ocelot matou dois anos antes). Além de Raiden, o governo enviou duas equipes dos Fuzileiros para resgatar o Big Shell; eles levaram Peter Stillman, uma lenda na polícia e antigo instrutor de Fatman. Raiden não deve deixar-se ver nem contar com a ajuda dos soldados. O único fuzileiro que entra em contato com Raiden éIroquois Pliskin, que o reconhece como agente da Fox-Hound e passa a ajudá-lo esporadicamente durante a missão. Agora, o inexperiente Raiden tem de completar sua missão, resgatando o presidente, nem que isso lhe custe sua vida.

Image 1

Os gráficos de MGS 2 são muito bem trabalhados e cheios de vida. O jogo começa com um belo video de abertura que mostra Snake saltando da ponte George Washington, uma das mais famosas dos EUA. Snake cai sobre o navio mostrando também um ótimo efeito de chuva e vento, o efeito da agua do rio agitada é um dos melhores vistos nos jogos de PS2. Os efeitos de Luz solar e artificial são muito bem feitos, podendo notar as sombras do que passar na frente e dos objetos que estão por perto. Os cenários são cheios de detalhes, o navio, cenario inicial do jogo unica parte que jogamos com Snake, trás ambientes realistas e cheio de cantos escuros para se esconder, salas cheias de caixas, armários e passagens de ar para se esconder, tudo é muito bem feito, ao entrar para o lado de dentro do navio pode-se notar que o corpo do personagem permanece húmido por alguns segundos. Ao olhar nas janelas do lado de dentro do navio da pra ver a chuva forte lavando o convés.

Image 2

O grande problema é quando começamos a jogar com Raiden, o Big Shell é uma espécie de plataforma gigante sobre o mar em forma de pentágonos separados e duas partes. Esses Shells são cansativos e repetitivos, porem são bem arquitetados e até que é legal explorar as salas no inicio.

Os personagens são muito bem desenhados, trazem traços bem particulares, os olhas e boca trazem movimentos bem realistas pra época, mostrando o avanço tecnológico aplicado na produção deste jogo.
As armas bem detalhadas, aparecem sem distorção mesmo vendo na câmera em primeira pessoa.

Image 47

A parte de jogabilidade é a parte onde o game mais chama a atenção, como no anterior é baseada em espionagem, o jogador terá sempre a mão equipamentos prontos para facilitar e esse trabalho, a clássico visão infravermelha não poderia faltar é muito usada para detectar bombas e laisers que detectam sua passagem e explodem se você for descuidado, microfones que capitão sons a longa distancia, e até mesmo caixas para se disfarçar em meio as outras caso não haja esconderijos por perto. As armas são inicial mente de dardos tranquilisantes que apenas fazem os guardas dormirem um pouco, assim o jogador pode carrega-los, pegar suas comida e munição, e depois jogo-los para fora do navio. O jogador também pode usar um GPS que mostra onde seus inimigos estão e para onde olham, e para onde as câmeras estão miradas, pois elas fazem um bom papel de vigia.

O jogabilidade inovações bem interessantes, começando por um spray que congela C4s prestes a explodir, outra coisa que chama a atenção é quando usamos uma snaper, normalmente vamos notar que a mira vai ficar tremendo como se o personagem com que jogamos não estivesse relaxado o suficiente para da um tiro preciso, mas coletando um calmante no jogo a mira fica completa parada podendo dar tiros bem precisos.

A grande diversão do jogo é passar pela vigilância sem ser visto pelos guardos ou cameras que fazem a ronda, sendo que algumas câmeras são acoplatas a uma espécie de helicóptero para vigiar de diversos ângulos. Quando Raiden ou Snack for visto uma espécie de relógio começa uma contagem regressiva, esse é o tempo em que você é dado como "procurado", em momentos como esse o melhor a fazer é se esconder, pois os corredores estaram cheios de guardas vigiando o local onde você foi visto.

Os guardas serão inteligentes o suficiente caso verem você se arrastando para de baixo de algum lugar, se abaixaram para ver e se verem que você esta mesmo la, jogaram granadas dentro do buraco que você estiver, acabando com a sua vida facilmente.
Outra coisa que pode chamar a atenção dos guardas, é o som de armas e passos, por isso é sempre bom ter a mão silenciadores e andar de fininho pelos corredores.

Image 14

Algo que também e bem incomum é a presença de chefes de faze, algo bem raro de se ver o jogos deste gênero. Cada chefe tem suas próprias características, forma de correr, andar e falar, ou até mesmo armas, cada um tem um ponte fraco e sempre tem uma morte triunfal.

O aúdio também foi muito bem feito, as musicas sempre dão um salto e em conjunto com um barulho que da um grande susto quando você é visto. A musica da abertura também foi bem trabalhada é marcante com clima bélico
Os diálogos são sempre memoráveis dignos de um grande filme, são longos e bem feitos.

Metal Gear Solid 2 é um dos clássicos da PS2, seu enredo é muito bem feito, o jogador é facilmente transportado para o clima do jogo. Porem seria muito melhor se pelo menos pudéssemos jogar com Snake, mesmo que fosse um personagem destravavel.

Pros:

- Ótima jogabilidade;
- Cenários tão bem feitos que da gosto explorar;
- Gráficos sensacionais;
- Personagens muito bem feito e com personalidade;
-  Mecânica e interface muito bem feitos.

Contras:

- Só podemos jogar com o bom e velho Solid Snake, no inicio do game, depois só no chefe final.

Notas:

Diversão: 9.9
Jogabilidade: 9.5
Gráficos: 10
AI: 10
Áudio: 9.0

Nota Final: 9.9        



9 comentários:

  1. para mim o melhor metal gear de todos os tempos!

    ResponderExcluir
  2. o 3 e muito melhor, tem o melhor gráfico visto no ps2 superando qualquer um, as cut-scenes do 3 são super bem feitas (muito mesmo) que deixa o ruim god of war 2 no chinelo.

    na boa quem não jogou o 3 jogue por que e algo de deixar você babando de verdade, não só gráficamente como o enredo de filme que esse jogo tem nota 10000 !!!!!

    ResponderExcluir
  3. esse jogo é sensacional!!!.
    tenho jogo bastante porque é irresistível.
    graficos incriveis pra ps2.

    ResponderExcluir
  4. melhor serie de todos os tempos metal gear forever

    ResponderExcluir
  5. Um dos melhores games do PS2! O Snake Eater consegue ser melhor que este pois tem gráficos superiores e a possibilidade de jogar com o verdadeiro Snake tbm conhecido como Jack ou com o nome verdadeiro de John ou como BigBoss!

    ResponderExcluir
  6. o snake eater é bom mas o metal gear solid 3 subsistence ainda é melhor, pode ser o mesmo jogo, mas é bem melhor a camera em 3° pessoa dar para ter uma boa vista no senario, e ainda fora que da para jogar online.

    ResponderExcluir
  7. Sem dúvida é um ótimo jogo, diversão garantida! Entretanto, esse MSG não supera o 1(PS1) e o 3(PS2), principalmente esse último, MSG3 é sem dúvida o melhor desses três! MSG4 com certeza é o melhor, mas não vem ao caso aqui nessa comparação.

    O personagem Raiden no qual vc joga durante a maioria do jogo MSG2, é um personagem até interessante, mas fica a vontade de jogar mais com o bom e velho Solid Snake, que aparece bem na trama, mas não como jogável, apenas no início. Isso é uma pena e foi o que tornou esse game bastante polêmico.

    Em termos de comparação, posso afirmar a vcs: MSG3 Snake Eater é o melhor desses 3! Se vc só jogou o MSG1 pra PS1 e duvida q tenha algum melhor do q aquele, jogue o 3 e confirme o q estou dizendo!

    ResponderExcluir

Todos os Comentários são lidos e moderados previamente.
São Publicados aqueles que respeitam as Regras Abaixo:

- Não faça propaganda de outros blog/sites;
- Use o OpenID ou Nome/URL caso não seja seguidor;
- Não inclua links desnecessários no seu comentário;
- Seu comentário é nossa inspiração!
- Não respondemos comentarios 'anônimos' sem identificação nenhuma.
- Obrigado pelo Apoio ;D