24 de set de 2010

Analise: The Lord of the Rings - Aragorn's Quest


É pessoal, o recêm lançado "Senhor dos Anéis: as Aventuras de Aragorns" naum foi bem recebido pelos fâs da série e que possuem um Playstation 2. Pela analise do site "ign", o jogo foi um fracasso total para o console em todos os quesitos. Resumindo, não compre a versão para PS2

O jogo foi lançado no dia 14 de setembro para todos os consoles, mas os portateis DS, PSP i PS2 receberam uma versão inferiores ao PS3 e WII. Veja a analise:
Esta versão do jogo para PS2, não foi tão criativo - isto é muito mais um jogo  irracional para um console que fez história no mercado, apenas um botão de ação e que se sente mais em linha com um jogo como Gauntlet,  com apenas um caractere de controle, sem multiplayer, e os mecanismos de ação extremamente rasas, este usa própria maneira fina muito cedo.

Assim como a versão Wii/PS3, este jogo é dividido em capítulos filme-referenciados com Samwise Gamgee recordando os contos de Aragorn para seus filhos. Mas não há "shire hobbit" (Lugares) para explorar nesta versão, por isso é um caso muito simples de trabalhar o seu caminho através das missões, um após o outro.

A empresa responsavel pelo jogo, "TT Fusion - Traveler's Tales, fez tomar ponto como a equipe de desenvolvimento para o que pode ser considerada a versão "portátil" da "Senhor dos Anéis" - o fato de que é no PlayStation 2 simplesmente nos diz que a equipe de tecnologia pode facilmente (e mais barato) ser portado para a geração anterior do console. O estudio é mais conhecido por suas versões portateis dos jogos anteriores de LEGO Harry Potter e Star Wars, e essa influencia é sentida em Senhor do Anéis. Infelizamente, todos os aventureiros dos jogos LEGO foi etirada e esta agora apenas reduzindo sua espada, por uma dúzia de ambientes que são baseados em cenas do filme. Ocasionalmente você terá que encontrar um número X de pick-ups antes de poder avançar para a próxima parte do nível, mas essas "missões" não fazem nada para tornar a ação mais divertido.


A equipe tenta dar a alguma ação técnica com ataques diferentes - e os de longo alcance com um arco e flecha -, mas não aplicam a mecânica de jogo que iria receber os jogadores para misturar tudo. Quando simplesmente martelando sobre o botão "ataque leve" tem uma taxa de sucesso de quase cem por cento há incentivo muito pouco para mudar as coisas com muito mais lento "forte ataque" botão, tanto do jogo é simplesmente correndo esmagou com um único botão repetidamente. De vez em quando você vai encontrar inimigos blindados, que pode precisar de um pouco mais de "finesse" em atacá-los, mas esta é simplesmente a fineza de esperar um ou dois segundos para fazer uma abertura antes de triturar para baixo no botão de ataque leve.

Concedido, mais no jogo, com trolls gigantesco - tanto blindados e não - batendo ao redor, você vai precisar usar alguns ganhos em habilidades especiais que podem ser organizadas e mobilizadas em um menu  controlado, mas isso não compensar o fato de que o polegar fica um treino com a quantidade enorme de apertar em um único botão que você vai fazer na aventura.


Analise do jogo na versão "Nintendo Wii".

Todas as três versões dos jogos (DS, PSP i PS2) são praticamente idênticos, mas ele se sente mais em casa no Nintendo DS. O design de jogo claramente tem o menor denominador comum em mente, forçando o inimigo a contagem de três ou quatro na tela ao mesmo tempo e mantendo a câmera em uma perspectiva de custos fixos. Na tela de baixa resolução Nintendo DS esta perspectiva e limitação de caracteres parece trabalhar em favor das restrições do sistema, mas no PSP - e sua exposição mais ampla em tela - os ambientes sinto muito espaçoso e vazio.

A ação parece fluir um pouco mais agitada no Nintendo DS, bem, algo que é transferido para a versão de PlayStation 2 - a versão PSP não é muito longe daqui, ele só não corre tão rápido. Mas sendo a melhor versão de um jogo de ação muito medíocre não é dizer muito, e mesmo a versão DS ganha alguns acréscimos touch screen que não fazem nada para torná-lo mais divertido, como as portas que precisam ser abertas por traçar.
 

Gameplay do PSP, mas pela analise serve também para PS2.


-Comentários Finais

Senhor dos Anéis: As Aventuras de Aragorn's é uma experiência agradável para o Wii, mas que não traduz que esteja muito diferente, e muito mais irracional em repetições. Já para quem possui PS2 os controles são muito mais simples e muito criativo, e não é apenas um lote inteiro de diversão simplesmente você aperta um único botão em cada cena do jogo.


-Pontuações do site IGN para a versão PS2

*5,5 Apresentação
É um caso muito mais simples do que os jogos mais ambiciosos. A produtora "Headstrong" que desenvolveram versões Wii/PS3.

*5,0 Graficos
Isso é facilmente um jogo de console portatil que foi reportado para PS2. O que parece bom para o DS e PSP não funciona completamente em um console.

*7.5 Som
Voz deliberando por "Sean Astin" é usado para narrar a história entre os níveis, ea pontuação Howard Shore mantém as coisas vivas.

*5,0 Gameplay
Muito jogo de ação repetitiva, com uma variedade muito pouco ... simplesmente "buttonmash" seu caminho para a vitória.

*5,0 Longevidade
Muito pouca razão para voltar a aventura depois que você voltou para o jogo.

Nota final: 5.0
(De um total de 10)


-Minha opinião: Eu tinha bastante expectativa por esse jogo, pelos trailers, imagens... mas fiquei desapontado pelo tanto de críticas que o site "ign" apontou na versão para PS2, não joguei ainda essa versão, pois não existem nennhum video no "youtube" para PS2 e sim para PSP e WII, que alias a versão do console da nintendo foi bem caprixado.
Pela analise no site ign: Fracasso total.

Fonte traduzida: http://ps2.ign.com/articles/112/1122470p1.html

8 comentários:

  1. O jogo é uma bosta então,prefiro comprar para o PS3.

    ResponderExcluir
  2. Caraca, q diferença de grafico heim! Eu tbem estava planejando pegar esse jogo, agora irei partir pra outro. rs!

    ResponderExcluir
  3. Talvez não seja tão ruim assim... tem jogos piores.

    ResponderExcluir
  4. Se fosse pelo menos que nem SW: the force unleashed, onde o jogo éo idêntico, mas apenas com gráficos inferiores... aí dava até pra jogar...mas sendo assim tão diferente..pode deixar que eu pego o do psp mesmo..

    ResponderExcluir
  5. Tive a infelicidade de comprar esse jogo esperando os gráficos de SDA: Return of the King.

    Se eu tivesse lido esse post antes, não teria me ferrado. hehe

    Os gráficos parecem de GBA. E a jogabilidade também, tanto que só se usa direcional e mais 2 ou 3 botões.

    Jogar um jogo com qualidade gráfica péssima e com fases tão repetitivas quanto as de um jogo portátil em um console como o PS2 numa tv de 32 polegadas é uma experiência... ridícula.

    ResponderExcluir
  6. Olha... eu tenho o jogo... realmente ele deixa muito a desejar... mas pra kem ker perder algum tempo dando algumas porradas em orcs e talz... da pra jogar...
    eh 'legalzinho'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PFV eu tenho ele no ps2 pq sou mt fã da saga, tenho 6 jogos diferentes da saga, mais nele eu não consigo passar na fase do tutorial aparece la o sam contado e quando ele termina eu escolho entre SAIR TENTAR NOVAMENTE E CONTINUAR não importa em qual eu vou sempre começa do começo :c, me ajudem

      Excluir
  7. Zerei esse jogo ontem, olha o jogo é bom só não presta. Kkk

    ResponderExcluir

Todos os Comentários são lidos e moderados previamente.
São Publicados aqueles que respeitam as Regras Abaixo:

- Não faça propaganda de outros blog/sites;
- Use o OpenID ou Nome/URL caso não seja seguidor;
- Não inclua links desnecessários no seu comentário;
- Seu comentário é nossa inspiração!
- Não respondemos comentarios 'anônimos' sem identificação nenhuma.
- Obrigado pelo Apoio ;D