11 de dez de 2011

Análise: LEGO Star Wars II - The Original Trilogy


Ano de lançamento: 2006
Gênero: Plataforma
Produtora: Traveller's Tales

Após o grande sucesso de LEGO Star Wars - The Videogame a TT Games e a Lucas Arts se uniram novamente e lançaram LEGO Star Wars II - The Original Trilogy, um game que assim como seu antecessor é recheado de humor e diversão, mas com algumas novidades.

O game é uma continuação direta do primeiro e mostra os eventos ocorridos na trilogia clássica composta pelos episódios IV (A New Hope), V (The Empire Strikes Back) e V (Return of the Jedi). A história do game é bem fiel a dos filmes, mas com uma pequena pitada de humor em algumas circunstâncias, marca registrada da série LEGO.

Cada filme é dividido em 6 fases, tendo ainda uma fase bônus para cada um deles que só é desbloqueada após coletar todos os gold bricks daquele filme. Essas fases bônus são divididas em 3 partes: Super Story, que consiste em refazer as 6 fases do filme em menos de uma hora; Character Bonus e Minikit Bonus, ambas consistem em coletar um milhão de peças LEGO no menor tempo possível.

A jogabilidade é bem fluída e simples. É possível jogar individualmente com a inteligência artificial do game controlando um dos personagens, sendo que esta na maioria das vezes responde as ações corretamente ou cooperativamente com um amigo controlando o segundo personagem. É importante ressaltar que a câmera do modo cooperativo às vezes pode atrapalhar, já que a tela não fica dividida. As fases são fáceis e apresentam um design muito bonito e fiel aos filmes. Ao terminar uma fase novos personagens são desbloqueados, mas para ter acesso a alguns será necessário comprá-los na Mos Eisley Cantina. É tanto que alguns itens só podem ser adquiridos controlando determinados personagens.



Este, por sinal sinal, é outro ponto forte do jogo. O game conta com mais de 50 personagens e ao ativar o save do primeiro jogo, LEGO Star Wars - The Videogame, são liberados mais 56. Há também a presença do modo Mix & Match, no qual você pode criar novos personagens a partir de diversas combinações, algo inexistente no primeiro game. Também foi colocada a opção de dificuldade adaptativa, que nada mais é do que a dificuldade do jogo aumentar de acordo com a habilidade do jogador. Apesar de ativar essa opção o game continua sendo muito fácil.

As cutscenes apesar de serem mudas conseguem reproduzir com maestria os eventos dos filmes, graças, é claro, à presença da trilha sonora composta por John Williams e à boa representação dos personagens e naves no formato LEGO.

Uma mudança que merece ser destacada são as das fases nas quais deve-se controlar as naves. No game anterior havia limitações de mobilidade, já neste você pode controlar as naves com muito mais liberdade podendo explorar detalhadamente, por exemplo, a Estrela da Morte.

O fator replay também merece atenção. Para aqueles que adoram completar 100% de um game, LEGO Star Wars II - The Original Trilogy trás muitos itens escondidos em cada fase e extras que ajudam no decorrer do game tornando-o mais divertido ainda.

Veredicto:
Por fim, apesar de apresentar um visual infantil e ser muito fácil, LEGO Star Wars II - The Original Trilogy é um game que proporciona boas horas de diversão e muitos itens para coletar jogando tanto no modo individual quanto no cooperativo. Para aqueles que procuram um bom game de aventura este é uma boa escolha.

Notas:

- Gráficos: 9.0

-Jogabilidade: 9.0

- Sons: 10.0

-História: 10.0

- Diversão: 10.0

Por: Bella Alves

12 comentários:

  1. Mais uma ótima análise! Parabéns! =D

    ResponderExcluir
  2. lembro de ter jogado Lego Batman, achei interessante, imagino que todos os lego games sejam!

    ResponderExcluir
  3. Eu só acho que a jogabilidade se repete em todos os jogos de lego(batman, indiana jones, star wars... etc.) e o que muda é o cenário e a cara dos personagens.No geral o objetivo é coletar peças em todos eles. Sem querer ser chato, eu daria notas menores pra jogabilidade e gráficos.Mas deve ser um jogo divertido para um jogador despretensioso. Só não faz meu estilo.

    ResponderExcluir
  4. Gostaria de ler uma review sobre beyond good and evil( desculpa se comentei no lugar errado)

    ResponderExcluir
  5. Respondendo os comentários: A jogabilidade da série lego infelizmente é bem repetitiva, por isso acho que uma única análise sobre um game da série LEGO seja suficiente. ^^ Realmente a série é bem interessante. =D

    Sobre uma análise do game Beyond Good and Evil ela já está na minha lista de futuros reviews.

    Agradeço a todos pelos comentários, Muito obrigada pessoal! =]

    ResponderExcluir
  6. Ae! Valeu! Eu to meio na dúvida se jogo ou não.

    ResponderExcluir
  7. não me agradei da versão em consoles pra tv...mas fica super divertido se for jogado num portatil. estou viciado na versão pra psp.Deixei até god of wars pra depois. isso por que é bem divertido e relembra com humor a saga de star wars, que já era uma franquia bem batida em game anteriores

    ResponderExcluir
  8. pergunta como ativa o save do primeiro pois eu já tinha o primeiro em 100% mais não tinha os personagens extras

    ResponderExcluir
  9. Curto muito muito lego star Ward,além de saber quase tudo,eu lógico,você fez uma ótima análise do jogo.abraços,sou o filho dessa pessoa,tá

    ResponderExcluir

Todos os Comentários são lidos e moderados previamente.
São Publicados aqueles que respeitam as Regras Abaixo:

- Não faça propaganda de outros blog/sites;
- Use o OpenID ou Nome/URL caso não seja seguidor;
- Não inclua links desnecessários no seu comentário;
- Seu comentário é nossa inspiração!
- Não respondemos comentarios 'anônimos' sem identificação nenhuma.
- Obrigado pelo Apoio ;D