22 de jun de 2012

Análise Final Fantasy X


Ano de Lançamento: 2001
Desenvolvido por: Square
Distribuído por: Square Electronic Arts
Gênero: RPG

Final Fantasy X é épico. Uma incrível jornada cheia de emoção e desafios na medida certa. O game foi marcante e trouxe ao Ps2 o que a Square de melhor tinha para oferecer no inicio da 6ª geração. Se você ainda não jogou o game, você não pode perder... O jogo foi lançado no final de 2001, precisamente em 18 de Dezembro (no japão), e trouxe toda a geniosidade dos produtores da Square no quesito RPG.



Enredo
O game tem como tema a jovem Yuna, uma garota muito reservada que domina a mítica magia de invocação de Aeons (Summons). No entanto percebemos logo ao iniciar o game que de fato o protagonista é Tidus, um jovem praticante de um esporte aquático conhecido como blitzball. Tidus é uma estrela do esporte, mas seu destino irá cruzar com o de Yuna, na medida que sua cidade é atacada por um monstro gigantesco e o mesmo com auxilio de um tutor (Auron) é transportado para Spira. Onde ele vem a descobrir que o monstro que devastou sua cidade é conhecido como SIN e ele é um mal que assola o mundo, eis que então surge Yuna que leva nos ombros o destino de derrotar tal criatura assim como fez seu pai anos atrás, Tidus e muitos outros personagens se juntam a Yuna numa jornada por Spira em busca de respostas indo de encontro a um destino inevitável.
A trama parece simples numa primeira olhada, mas não se engane, muitas reviravoltas farão qualquer um que tiver o mínimo interesse em rpgs curtir o rumo que leva a história. Tidus mostra-se um personagem muito carismático, mas no geral os demais personagens são muito interessantes, cada um com histórias particulares e peculiaridades próprias.
Pode-se dizer que o enredo vale o jogo!


O Game
Bom um  game com o Final Fantasy tradicional, tem como base a exploração de cidades e vilas e no que diz respeito as batalhas temos o sistema de turno, só que desta vez sem as barras de tempo (Time gauge).

Cada batalha pode contar com três personagens controlados por você enfrentando até mais de três inimigos de uma vez. A novidade neste final Fantasy fica por conta da fácil troca de personagens que pode ser feita durante as batalhas, bastando que no turno de algum de seus personagens você aperte o botão L1 e escolha entre os personagens que não estão na batalha para fazer a substituição, esse novo esquema de jogo é uma ótima adição para a estratégia do jogo, já que, cada personagem tem estilos diferentes no jogo (Por exemplo: Auron é muito forte e facilmente alcança critcal hit em inimigos com armadura ou carapaça, já contra inimigos aérios ele não é tão bom, mas Wakka é perfeito contra esses inimigos, os derrotando muitas vezes com um único golpe).


Uma mudança que pode não agradar os fãs de longa data de Final Fantasy é a ausencia do World Map, o que torna o jogo bem mais linear, uma vez que o jogo vai seguindo continuamente até seu desfecho, no entanto para amenizar esse efeito em certa parte do game é possivel revisitar as mais vastas localidades do game, não andando no World Map, mas o utilizando (o resto é Spoiler).
Outra mudança significativa no game é a estrutura de evolução dos personagens. Os personagens não acumulam mais experiencia e sim acumulam skil levels, para poderem usar o Sphere Grid de habilidade onde podem seguir determinados caminhos e desenvolver técnicas e magias especificas para cada um. Por exemplo Lulu é um Black Magician e desde o inicio a mesma já possui algumas magias (Fire, Blizzard etc.), através do sistema de Sphere Grid ela pode seguir o caminho que previlegia seu estilo com magias negras ou optar por um caminho mais eclético onde ela ganhe outros tipos de abilidade como até mesmo magias brancas, é possivel desenvolver os personagens de diversas formas, mas para alcançar um nivel bem maior, em pouco tempo é mais simples seguir o caminho que o jogo indica (Lulu com magias negras, Yuna com magias brancas etc.).



A dificuldade do jogo é muito boa, alguns bosses são muito dificeis obrigando ao jogador utilizar muito a cabeça para bolar estratégias para enfim ter chance de vitória, mas não se preocupem a dificuldade do game é gradual, o que é muito bom para quem gosta de ir pegando aos poucos levels.

Gráficos
Final Fantasy X conta com ótimos gráficos, mesmo tendo sido lançado no inicio da era do Ps2, o game tem até mesmo um avançado sistema de expressões faciais (confira algumas cutcenes in game e comprove) o que dá um tom muito agradável ao game. As invocações de Aeons também são um destaque, cada invocação tem cenas belíssimas. 


Os cenários são muito legais também, em grande parte eles são completamente em 3d, no entanto algumas locações ainda permanecem pré-redenrizados. As magias propriamente ditas (Fire, fira firaga etc.) não são tão maravilhosas, elas até que cumprem seu papel, mas poderiam ser bem mais criativas. Existem muitos inimigos através do mundo de Spira e muitos deles são nitidamente bem bolados, criativos e monstruosos, fato que engrandece ainda mais os méritos gráficos do game. As cutcenes muitas vezes são em CG e são primorosas, muito bem feitas, em outros momentos acontecem cutcenes com gráfico in game que também são muito legais com a utilização de expressões faciais bem legais.





Jogabilidade
A jogabilidade é bem simples e como mostrado acima o jogo conta com sistema de turno em batalhas e em grande parte dos cenários é possível levar o pressuposto da exploração ao máximo. Durante o jogo vários tutoriais surgirão para auxiliar o jogador a fazer melhor uso do sistema de jogo. O Sphere Grid não é complicado podendo qualquer um evoluir a maneira que quiser seus personagens. Complicado mesmo foi o minigame de Blitzball do jogo que você pode jogar em vários momentos na jogatina nos save points. É um tanto complicado, mas quem gosta de esportes também pode usufruir ainda mais deste minigame de esporte aquático.

Falhas
O game também tem seus pontos negativos. É perceptível que a maioria dos personagens de segundo plano são bem menos detalhados do que os personagens principais e isso se torna cada vez mais evidente devido a quantidade de personagens encontrados na jornada. Na versão que eu joguei (a americana) havia sérios problemas na dublagem, não nas falas em si, já que as mesmas estavam muito emocionantes, mas sim no acabamento das mesmas. Como assim? Simples, os personagens em muitas vezes parecem estar falando (se movimentando) mesmo quando algumas falas já cessaram, algo que deveria ter sido corrigido, pois o game foi concebido para a língua japonesa, ou seja a fonética poderia tanto ser mais curta ou mais longa dependendo muito da maneira falada, mas quando o jogo foi dublado o tempo de muitas falas não foi diretamente usado, o que deixa um efeito muito ruim a esses momentos.

Replay
Final Fantasy X rende mais ou menos umas 45 horas de gameplay, mas com as sidequests e os minigames que o jogo oferece esse número pode facilmente alcançar as 60 horas de game. Mas de fato não há tantos atrativos para replay se você levar realmente a sério todos os caminhos do game, mas aconselho a quem jogar sempre dar uma revisitada ao jogo, pois de segredos, Final Fantasy X está cheio.




Conclusão

Final Fantasy X é de fato um RPG de primeira classe, um game memorável e muito cativante. Indico para quem realmente gosta de RPG e para quem gosta de histórias bem contadas, o mesmo possui um ou outro erro que em suma não tira os méritos de seus pontos fortes e por isso, pode ter certeza esse game aqui é Eterno. Ele foi tão aclamado que foi o primeiro game da série a ter uma continuação direta (Final Fantasy X-2). Quem não gosta de Rpg pode até se aventurar, mas o game é mais indicado para quem já joga RPGs ou mesmo para iniciantes que tenham interesse no mesmo.


OBS: Final Fantasy X possui uma versão international, com algumas alterações. O game tem dois tipos de Sphere Grid (um exclusivo e o normal), além de possuir bosses secretos conhecidos como Dark Aeons. Esses bosses podem ser encontrados geralmente voltando nos templo dos Aeons, alguns deles são quase impossíveis de serem derrotados, é o que há de mais hardcore em Final Fantasy X.

9 comentários:

  1. RPG naum é dos meu generos preferidos mais final fantasy merec mto a minha atnção por ser o mlhor d tdos

    ResponderExcluir
  2. não do valor a rpg l melhor final fantsy q eu joguei parece q foi o 7 que não era rpg

    ResponderExcluir
  3. Acho que o Lucas está se referindo ao Final Fantasy VII: Dirge of Cerberus, que é um shooter em terceira pessoa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho q é esse mesmo é um em 3 pessoa que o personagem usa uma capa vermelha a primeira fase é tipo ums robos que vem atacar a cidade ai vc tem q matalos e salvar alguns humanos é esse

      Excluir
  4. Comecei a jogar este RPG depois de zerar o XII, mas ainda não me empolguei com a historia ainda.
    Achei o sistema bem simplório se bem que nem comecei a distribuir pontos na sphere grid.
    Fale um pouco sobre o X-2 agora, pois este achei mais emocionante o começo mas muitas pessoas falaram que não é tão bom.

    ResponderExcluir
  5. FF X foi o primeiro que joguei no PS2, é um jogo muito bom, mas não me empolgou muito, ao contrário de FF VII, FF IX e FF XII. Sei lá, acho que a história principal não me prendeu muito. Tb não achei muito interessante os ataques dos personagens nem o desenvolvimento em grid, nem o "blitzball". O que eu mais odeio no jogo é aquela maldita e mal feita animação de fala dos NPCs e personagens principais em cenas não importantes (usada tb em Kingdom Hearts), parece que são bonecos de ventríloco falando! hashuas!!

    ResponderExcluir
  6. o melhor final fantasy que joguei, tenho save com mais de 100 horas e nao consigo zerar com tudo liberado, é absurdamente dificil, tinha ele no meu ps2 caxotao que comprei em 2003
    To matando a saudade do game, ja que tenho a midia original ainda to emulando, meu ps2 estragou o laser :S

    ResponderExcluir

Todos os Comentários são lidos e moderados previamente.
São Publicados aqueles que respeitam as Regras Abaixo:

- Não faça propaganda de outros blog/sites;
- Use o OpenID ou Nome/URL caso não seja seguidor;
- Não inclua links desnecessários no seu comentário;
- Seu comentário é nossa inspiração!
- Não respondemos comentarios 'anônimos' sem identificação nenhuma.
- Obrigado pelo Apoio ;D