23 de ago de 2010

Filmes interativos

Todos devem conhecer o aclamado Heavy Rain lançado recentemente para o Ps3, sem duvidas o game chamou atenção de todos pela sua forma de conduzir o roteiro com a capacidade de terminar uma cena de diversas formas diferentes, levando o jogador a múltiplos finais e a muitas horas de entretenimento virtual.


O que poucos sabem é que Heavy Rain não foi o primeiro game nesse estilo e muito menos o primeiro da produtora Quantic Dream, antes o Ps2 também teve uma bela história conduzida da mesma forma vista em Heavy Rain, trata-se de Indigo Profecy que contava a história de um homem que comete um assassinato em um banheiro de lanchonete enquanto estava em transe, sozinho e sendo procurado pela policia resta a Lucas apenas procurar saber sobre os estranhos poderes adquiridos apôs o acontecimento. O jogo não se limitava a mostrar a perspectiva de Lucas mas também de dois detetives e do próprio irmão de Lucas, dando a história um entendimento mais amplo e o aproximando ainda mais da experiência proporcionada por um filme.


Os comandos eram bem simples e usavam somente os dois analógicos para executar todos os tipos de ações e mais alguns botões em mine games divertidos e, dependendo do nível de dificuldade, desafiadores. Os gráficos não eram dos melhores mas cumpriam muito bem seu papel junto à trilha sonora que não sai do básico, talvez por sua simplicidade técnica Indigo Profecy não tenha marcado muita presença, mas sua história sem duvidas impressionava junto às cenas que podiam ser feitas de diversas formas diferentes gerando finais bem distintos uns dos outros.


Não acabou não
Da pra se dizer que o estilo foi usado por diversas produtoras em games que fugiram dos padrões e agradaram a todos os que arriscaram experimentar, entre alguns desses jogos da para citar, além de Indigo Profecy, o game Raw Danger, com gráficos menos trabalhados do que os da titulo da Quantic Dream e comandos e sistemas muito mais complexos Raw Danger era uma espécie de RPG de sobrevivência sem qualquer tipo de batalha.


O jogo contava a trama de uma cidade que simplesmente vai do seu estado perfeito de cidade do futuro para uma cidade devastada pela quebra de uma represa em dias de chuva intensos, o maior diferencial da história é que o jogador joga com personagens que nada tem haver com o acontecimento em si, porém estão lutando para sobreviver e que em algum momento cruzam o caminho dos personagens principais (que em momento algum são controlados pelo jogador) e ajudam a montar pequenas peças do quebra cabeças que é a história, mesmo essa no final deixando algumas perguntas no ar.


A mecânica funcionava de forma que você jogava com um personagem, quase sempre em dupla, que cruzava o caminho de diversas pessoas com problemas e dificuldades causadas pela grande enchente da cidade, o legal era que praticamente o jogo inteiro o jogador deveria tomar decisões que influenciavam a história de outros personagens, esses que seriam comandados pelo jogador mais tarde e que deveria viver as consequências da decisão tomada com outro personagem, louco não? O divertido era que você vivia o período de tempo que durava a enchente com um dos personagens e quando você terminava a história com um personagem o jogo voltava do inicio para você jogar com outro e assim seguia até você jogar com os 5 ou 6 personagens disponíveis, tornando as possibilidades de final e de acontecimentos quase que infinitas.


A forma de jogar parecia com um RPG, você se movimentava por cenários abertos sempre buscando a saída, e consequentemente itens para alcançá-la, os itens ainda podiam se combinar para formar objetos essenciais para a sobrevivência. Como não havia inimigos a barra a saúde era contada por uma barra que mostrava a temperatura corporal do personagem, se essa ficasse muito baixa o jogador encontrava dificuldades para se movimentar e podia até chegar à morte por hipotermia. Vale também mencionar que para se manter seco e aquecido você devia trocar de roupas o tempo todo além de ter de se secar com toalhas e se aquecer em aquecedores que serviam de pontos de save o tempo inteiro, infelizmente para manter o clima realista e de sobrevivência o jogador só podia carregar poucos itens.


Bem agora você sabe que o Ps3 não foi o primeiro a receber um "filme interativo" e longe desses dois games serem os únicos para o Ps2 ou para outros consoles, citei-os apenas porque foram os únicos que joguei e recomendo a quem gostaria de conhecer o gênero. Agora é a vez de você leitor dizer se já jogou algum ou se tem em mente alguma idéia do porque Heavy Rain ter feito tanto alarde e esses dois belos games não serem nem se quer conhecidos.

2 comentários:

  1. sei la prefiro indigo profhecy

    ResponderExcluir
  2. Na verdade conheci o INDIGO PROFECY como Farenheit. Como você citou o jogo peca na simplicidade dos gráficos, mas pela atmosfera criada no jogo você fica envolvido e eu pelo menos só parei quando zerei. Mas como o jogo citado RULE Of ROSE... Os atrativos são maiores que os defeitos!

    ResponderExcluir

Todos os Comentários são lidos e moderados previamente.
São Publicados aqueles que respeitam as Regras Abaixo:

- Não faça propaganda de outros blog/sites;
- Use o OpenID ou Nome/URL caso não seja seguidor;
- Não inclua links desnecessários no seu comentário;
- Seu comentário é nossa inspiração!
- Não respondemos comentarios 'anônimos' sem identificação nenhuma.
- Obrigado pelo Apoio ;D