13 de abr de 2012

Análise Disney Pixar UP


Ano de Lançamento: 2009
Desenvolvido por: THQ
Distribuído por: THQ
Gênero: Aventura



Up é um daqueles jogos desenvolvidos tendo por base um filme da Disney. Geralmente esses jogos baseados em filmes são um fiasco (a maioria), neste caso aqui o resultado não foi ruim, no entanto, o jogo também não é uma maravilha.

Enredo

O game conta a história de Carl, um idoso recém viúvo que desde muito tempo sonhava em viver altas aventuras como desbravador juntamente com sua esposa, mas que jamais conseguiu realizar. Com a morte de sua esposa Carl decide realizar a todo custo o sonho deles e transforma sua casa praticamente em um balão, utilizando-se de balões infantis (vários deles) e partindo em busca de Paradise Falls, um local a que eles sempre se referiam e que almejavam desbravar. O que ele não contava era que um jovem escoteiro chamado Russel acabou embarcando sem querer na história, então, eles terminam por chegar em Paradise Falls, mas percebem que suas aventuras estão apenas começando. Os personagens são muito carismáticos, e constantemente estão em desacordo, já que são completamente diferentes.

O Game

No game você pode controlar tanto Carl como Russel, e deve entrar em diversas aventuras num típico jogo de plataforma 3d. Cada personagem tem habilidades especificas o que faz com que o jogador precise vez por outra trocar de personagem para resolver puzles, ou mesmo derrotar chefes.


O game é bem infantil, no entanto, consegue ser divertido, principalmente se você optar por jogar com outra pessoa, dividindo as tarefas e levando o jogo com maior dinamismo.

Gráficos

O jogo conta com bons gráficos. O cenários são bem trabalhados e coloridos, no entanto os mesmo não são tão variados, já que em todo o momento no jogo você estará em Paradise Falls, um paraíso tropical com florestas e rios e etc.



Jogabilidade

A jogabilidade do game é simples, mas em alguns momentos perde a eficiência, principalmente em pulos para plataformas, onde é necessário muita eficiência. Jogando multiplayer, você constantemente dependerá da aproximação do outro jogador para poder avançar, o que pode ocasionar ainda mais erros e a impossibilidade de prosseguir.

Replay

O game não é tão longo acredito que com uma jogatina constante da para acabar o game em umas 4 horas fácil fácil, no entanto ele conta com alguns extras, como minigames multiplayer, além de alguns caminhos desbloqueáveis na aventura principal.

Conclusão

O game é bem legal, se você gostou do filme, vai gostar do jogo, no entanto o desafio do game é voltado mais para o público infantil, o que consequentemente torna o jogo muito batido, com puzles simples e chefes demasiadamente fáceis, no entanto quem der uma chance ao game poderá se divertir com essa história simples e envolvente ligada a improvável amizade entre o jovem Russel e o idoso Carl.

4 comentários:

  1. Foi uma boa analise. Eu nunca joguei esse jogo mas vendo é bom este jogo.

    ResponderExcluir
  2. é esse jogo é bom,assim como o filme,boa analise magão,até a proxima

    ResponderExcluir
  3. Ótima análise...
    Este não é um jogo tão bom mas diverte muito.Ah!Ele é bem curto, eu com meu irmão menor (que mais atrapalha do que ajuda)zeremos em aproximadamente 5 horas!

    ResponderExcluir

Todos os Comentários são lidos e moderados previamente.
São Publicados aqueles que respeitam as Regras Abaixo:

- Não faça propaganda de outros blog/sites;
- Use o OpenID ou Nome/URL caso não seja seguidor;
- Não inclua links desnecessários no seu comentário;
- Seu comentário é nossa inspiração!
- Não respondemos comentarios 'anônimos' sem identificação nenhuma.
- Obrigado pelo Apoio ;D